Reconstrução Capilar - Guia Completo para Recuperar seu Cabelo em Casa!

A reconstrução capilar é etapa essencial para manter o cabelo forte e resistente. Os fios sofrem agressão diariamente, por isso é importante saber quando e como fazer esse tratamento restaurador, já que o excesso também é prejudicial. Guia completo!
Guia completo sobre reconstrução capilar com queratina líquida e máscara de tratamento.

Por que os cabelos precisam de reconstrução?

Gostamos de variar o penteado, o corte e às vezes isso não é suficiente. O mercado de beleza é tão amplo que temos opções para alisar, relaxar, fazer cachos permanentes, descolorir e colorir os fios. As substâncias usadas nesses tratamentos abalam a estrutura dos fios, que os deixa vulneráveis aos danos do dia-a-dia e a quebra. 

Os cabelos estão constantemente expostos aos danos causados pelo vento, poluição, radiação solar, água do mar ou piscinas, água quente do chuveiro. Tem ainda chapinha e secador, que pelo uso excessivo de calor causa lesões na haste dos fios, provocando ressecamento e até quebra. A chapinha, que chega a elevadíssimas temperaturas, pode até causar queimaduras nas fibras capilares. Por isso os cabelos precisam de reconstrução.

O que é reconstrução capilar?

É o tratamento específico para reconstruir os cabelos, reparando danos diários ou causados por químicas que danificam a haste capilar. Ocorre quando os ativos de baixo peso molecular, como queratina, creatina e aminoácidos, penetram no interior dos fios (córtex). Ao repor substâncias como queratina e aminoácidos, fortalece e dá resistência aos fios.

Quem deve fazer reconstrução capilar?

Todos os tipos de cabelo, porém a reconstrução capilar é indicada especialmente para cabelos que acabaram de passar por processos químicos (alisamentos, permanentes, descoloração, coloração), que são bastante invasivos e danificam os fios. Vale fazer reconstrução capilar uns 3 dias antes de passar por qualquer um desses tratamentos para prevenir danos.

Cabelos finos e/ou que usam chapinha e secador com frequência também devem incluir a reconstrução na rotina de cuidados. Lembrando que por ser um tratamento de fora para dentro, sua durabilidade não é longa e por isso deve ser refeito com certa frequência.

O cabelo está quebradiço, poroso, sem brilho, elástico ou emborrachado? Se joga na reconstrução capilar (sem excessos, please!)

Diferença entre reconstrução e cauterização

Os dois tratamentos são reconstrutores, a reconstrução repõe substâncias que fortalecem a haste capilar sem o uso de calor (chapinha e secador). Já a cauterização é um tratamento que associa queratina com o uso de calor, para reconstruir e selar a substância no interior dos fios.

Produtos para reconstrução capilar

Máscara de tratamento, queratina líquida ou gel são opções de para reconstruir os fios.

Queratina líquida ou gel

A queratina é um proteína formada por cerca de oito aminoácidos diferentes, compõe aproximadamente 90% do cabelo. A queratina de baixo peso molecular tem alta fixação nos fios de cabelo. Além de reparar danos na cutícula, auxilia na hidratação e na restauração de áreas danificadas nos fios. Penetra facilmente na cutícula, por isso restaura e dá brilho aos fios.
Queratinas líquidas para reconstrução capilar.

Máscara de reconstrução capilar

As máscaras de reconstrução capilar possuem em sua composição substâncias como: queratina, aminoácidos, creatina, cisteína, arginina, colágeno e proteínas hidrolisadas. 

São mais práticas de usar. Normalmente basta aplicar após lavar com shampoo, deixar agir pelo tempo indicado na embalagem, enxaguar e condicionar. Gosto da Repair Rescue da Schwarzkopf, que age nas fibras e nas cutículas com alta tecnologia, tem versão para cabelo danificado fino a normal e basta seguir a indicação de uso para um resultado ótimo.
Máscaras de reconstrução capilar.

Como fazer reconstrução capilar?

Ingredientes
- Shampoo antirresíduos
- Queratina
- Ampola ou máscara reconstrutora
- Finalizador

O shampoo antirresíduos vai eliminar o efeito build-up. Lembram dele: o acumulo de resíduos de produtos ao longo do tempo vai impedindo que os ativos de tratamento penetrem nos fios. Também vai deixar as cutículas levemente abertas para facilitar a penetração das substâncias reconstrutoras.

O finalizador ajuda a diminuir a rigidez e a selar os fios. Diminui os fios arrepiados, dá brilho e ajuda a manter o tratamento no interior dos fios.

1º passo - Lave o cabelo com shampoo antirresíduos de forma caprichada. Enxágue bem.
2º passo - Retire o excesso de água dos fios em uma toalha.
3º passo - Aplique a queratina líquida no comprimento dos fios, focando nas áreas danificadas. Deixe agir de 5 a 10 minutos ou conforme indicação da embalagem do produto.
4º passo - Enxágue abundantemente e retire o excesso de água com uma toalha.
5º passo - Aplique a máscara reconstrutora ou a ampola em todo o cabelo. Enluve bem mecha a mecha. Coloque touca (ou sacola) plástica, deixe agir por 20 minutos e enxágue bem.
6º passo - Se for secar com secador, aplique um finalizador com proteção térmica. Ou deixe secar naturalmente e aplique o finalizador.


Pode ser feita a cada 15 ou 30 dias, a frequência deve levar em conta o estado do cabelo. Lembrando que reconstrução em excesso também faz mal, pois a queratina excedente deixa os fios muito rígidos e pode causar quebra.

Aconselho a fazer uma hidratação dias antes de reconstruir para repor água e amaciar os fios. O próximo tratamento pode ser hidratação ou nutrição. 

Se não tiver o shampoo antirresíduos, lave duas vezes com o normal. Se preferir ou não tiver máscara reconstrutora, pode trocar o 5º passo por máscara hidratante ou condicionar normalmente.

Para restaurar a beleza e saúde dos cabelos, sempre aconselho a seguirem um cronograma capilar. Porque o cabelo não vive só de reconstrução, muito pelo contrário. É necessário hidratar e nutrir mais vezes do que reconstruir. Que tal testar o cronograma capilar caseiro? Tá cheio de receitas!

Nossas Redes Sociais | Pinterest Facebook Instagram