21 novembro 2016

TOP 8 Produtos Baratos para Salvar seu Cabelo em Casa

Não se engane pensando que para ter fios lindos e saudáveis você precisa gastar uma fortuna com produtos para cabelo ou no salão de beleza. Existem produtos baratos, fáceis de encontrar e que podem fazer maravilhas pelo seu cabelo. Selecionei o top 8 dos produtos que tenho em casa e mais uso, dá para incluir no cronograma capilar e são liberados para No e Low Poo. A maioria deles já ganhou post próprio aqui no blog (de tanto que eu amo), os posts estão linkados para você poder tirar dúvidas ou para ver mais formas de uso. Lembrando que óleos recomendados para usar na umectação capilar deve ser sempre 100% vegetal.

Nosso 'kit' fica completão para cronograma capilar se você adicionar um creme branco (máscara de tratamento para cabelo), pode ser o de sua preferência. Para hidratar é só misturar com glicerina; A nutrição é feita com algum dos óleos vegetais; E a reconstrução com a queratina. Mas você pode usar o creme multifuncional como base também, ao invés do creme branco. Simples assim e você tem um kit para cronograma capilar baratinho e muito eficiente.
Top 8 produtos baratos para salvar seu cabelo em casa. Cronograma capilar com receitas caseiras econômicas.

Vinagre de maçã

Um vinagre de maçã de boa qualidade equilibra o pH, evitando coceira, caspa, e ressecamento do couro cabeludo. O ácido acético do vinagre remove o acúmulo de produtos no cabelo, fortificando e fechando as cutículas dos fios. Tem ação antibacteriana, antifúngica e propriedades antivirais que impedem as infecções causadas por bactérias, vírus ou fungos. Com isso ele desobstrui os folículos pilosos, assim seu cabelo cresce mais rápido. O cabelo fica soltinho e incrivelmente brilhante. Aqui tem bem explicadinho como usar vinagre de maçã no cabelo.

Queratina líquida

A queratina já está naturalmente presente no nosso cabelo e é essencial para a beleza e saúde dos fios. Acontece que diariamente (desgaste natural, secador, chapinha, químicas agressivas...) os fios perdem essa importante matéria estrural, ficando quebradiços e porosos. Aí entra a queratina líquida para tentar repor a matéria perdida para "tapar os buracos" nos fios e assim deixar o cabelo mais encorpado e disciplinado. Pode usar misturado em uma máscara capilar ou conforme indicação de uso do fabricante, entra na fase R (reconstrução) do cronograma capilar. Só não pode usar com tanta frequência, pode fazer 1 vez por mês ou no máximo duas.

Creme multifuncional

Pode ser o Yamasterol, o Creme Multy da Salon Line ou o multifuncional de sua preferência. Esses cremes são ótimos porque servem como uma base para todos os tratamentos do cronograma capilar: hidratação, nutrição ou reconstrução. Além de ser uma ótima e econônica opção para co-wash, que limpa seu cabelo sem agredir e sem retirar óleos naturais que são fundamentais para a saúde dos fios. Mas claro, para o co-wash funcionar você deve seguir as regrinhas básicas de produtos permitidos e proibidos. Gosto de usar o Yamasterol para retirar a umectação e como base para fazer meu leave-in caseiro com glicerina! A melhor parte é que custam em torno de R$4,50. 

Azeite de oliva extra virgem

É importante que o azeite de oliva seja 100% vegetal e extra virgem. Esse é outro óleo vegetal que faz maravilhas pelos fios, tratando e nutrindo profundamente. A vantagem dele é o preço e que é mais fácil de espalhar e retirar do cabelo. Uma dica de umectação poderosa: misture a mesma quantidade de óleo de rícino e azeite de oliva e faça a umectação noturna. Retire o óleo com método UCPE e depois me conta o que achou.

Óleo de coco

Yasmin Brunet popularizou o óleo de coco como o melhor amigo da beleza natural. E ele merece toda essa fama de bom moço: O óleo de coco é rico em antioxidantes, tem antivirais, antifúngicos, e propriedades antibacterianas. Quando usado no cabelo, melhora a saúde do couro cabeludo, combate as infecções e fungos (e a caspa!), auxilia no crescimento do cabelo, encorpa e dá brilho aos fios. Pode ser usado no tratamento dos fios, em máscara e umectação capilar. É um finalizador maravilhoso: controla o frizz e protege do sol. Sabia que o óleo de coco previne piolhos? Pois é! Para saber mais detalhes e como usar para cada tratamento, clique aqui


Gelatina incolor sem sabor

Contém proteínas de queratina que se ligam ao cabelo, por isso é maravilhosa para tratar e fortalecer os fios. A gelatina cobre os fios com um filme que nutre o cabelo e restaura a sua estrutura de proteínas, aderindo especialmente bem às áreas danificadas. A gelatina vai encorpar e dar brilho aos fios, reduzir a quebra e dar uma ajudinha no crescimento do cabelo. A melhor forma de usar gelatina nos cabelos é em máscaras. Veja aqui 4 receitas de máscaras caseiras e a forma correta de preparo.

Glicerina líquida

A glicerina tem propriedade higroscópica, ou seja, ela é capaz de absorver umidade/água do ar/ambiente. Devido essa propriedade, ela é ótima para hidratar os cabelos e pele. A glicerina é muito utilizada em cosméticos como agente hidratante, umectante, emoliente e suavizante. E nós vamos usar ela para potencializar aquela máscara de hidratação fraquinha que está jogada no canto da prateleira. Você vai ver a diferença que ela faz na hidratação. Aqui tem receitas caseiras ensinando como usar glicerina no cabelo e na pele.

Óleo de rícino

Também conhecido por óleo de mamona, ele é rico em vitamina E, minerais, proteínas e Omega 6 e 9 de ácidos graxos benéficos. O ácido ricinoleico, que está presente em alta concentração no óleo de rícino, ajuda a equilibrar o pH do couro cabeludo, além de ajudar a repor os óleos naturais e desfazer alguns dos danos de produtos químicos agressivos usados no cabelo. Os antioxidantes no óleo de rícino também suportam a queratina no cabelo e ajudam a tornar o cabelo mais forte e mais suave. Vai dar brilho, força e ainda vai ajudar o cabelo a crescer mais rápido. Como usar óleo de rícino nos cabelos? Você pode colocar um pouquinho na máscara de tratamento, fazer umectação capilar e até adicionar óleo de rícino no shampoo. Para mais detalhes do modo de usar clique aqui.


Sigam nossas Redes Sociais

Precauções e contra-indicações do uso do óleo de rícino: O uso do óleo é desaconselhado às gestantes, pois pode induzir ao parto ou ao aborto, lactantes e pessoas com doenças intestinais graves ou com qualquer doença interna, crianças até 12 anos também não devem fazer uso. Sempre é aconselhável consultar um médico antes.