Transição Capilar: 15 dicas para conquistar o cabelo natural!


A transição capilar é muito mais do que deixar de usar processos químicos para alisar o cabelo e aderir ao natural. É um processo de redescobrimento em que aprendemos muito.

Eu já passei pela transição, decidi escrever esse post para compartilhar meu aprendizado. Espero que essas 15 dicas tornem essa fase mais fácil para você. Ah, não desanime porque vale a pena! ;)

15 DICAS PARA ENFRENTAR A TRANSIÇÃO CAPILAR


1. PARE COM TODOS OS PROCEDIMENTOS QUÍMICOS

Parece óbvio, mas é fundamental parar com qualquer procedimento químico que altere a estrutura dos fios. Isso inclui relaxamentos e texturização como cachos permanentes. Além de alterar a forma do cabelo, esses tratamentos deixam os fios mais frágeis.

2. EVITE O USO DE CALOR

Secador, chapinha e babyliss devem ser evitados ao máximo. Eles ressecam e podem danificar gravemente o cabelo.

Mas se não conseguir ficar longe do secador e chapinha, use sempre um protetor térmico antes de expor os fios ao calor. Tenho 10 dicas ótimas que ajudam a proteger os fios da chapinha (veja aqui).

3. MANTENHA O COURO CABELUDO LIMPO

A saúde do cabelo começa no couro cabeludo. Lavar com frequência, no mínimo 2 ou 3 vezes na semana, e fazer uma exfoliação ou detox no couro cabeludo mantém os folículos livres para produzir cabelo e os fios não são impedidos de crescer.

E vamos combinar, na transição capilar o nosso maior sonho é que o cabelo cresça logo. Então escolha um shampoo suave (sem sulfato) e faça uma esfoliação ou detox a cada 15 dias (tem uma receita caseira ótima aqui).

4. HIDRATAÇÃO EM DIA

O formato e anatomia dos cachos favorecem a perda de água e por isso precisam muito de hidratação. Usar uma máscara de hidratação ou apostar em uma boa receita caseira duas vezes na semana ajuda a manter a umidade dos fios.

E para revitalizar o cabelo diariamente, use um borrifador ou leave-in. Para os cabelos crespos (tipo 4) ou muito secos é interessante aplicar o creme leave-in e em seguida espalhar umas gotinhas de óleo vegetal na palma das mãos e aplicar nos fios. Isso sela a hidratação no interior dos fios.


5. É IMPORTANTE FORTALECER OS FIOS

Cabelos cacheados e crespos são naturalmente frágeis. Durante a transição será necessário fortalecê-los com tratamentos reconstrutores para que cresçam de forma saudável.

Uma boa dica é sempre fazer uma hidratação após usar máscaras reconstrutoras. Isso ajuda a dar sedosidade aos fios, evitando que fiquem rígidos. Ah, não pode abusar na reconstrução. Ela deve ser feita a cada 15 ou 30 dias.


6. VITAMINA T de TESOURA!

Corte gradualmente as extremidades danificadas ou parta logo para o big chop (BC).

A transição capilar costuma ser um processo demorado. Você vai ter que avaliar se prefere passar por ela com o cabelo com duas texturas (o natural que está crescendo + a parte alisada) ou começar do zero com o BC. O big chop (grande corte) elimina a parte 'lisa' do cabelo.

Eu optei por ir cortando gradualmente até eliminar a parte que tinha alisamento. Não conseguiria me ver com o cabelo tão curto. Isso é muito pessoal e todos devem respeitar sua decisão, ok?




7. DESEMBARAÇAR E PENTEAR SOMENTE COM O CABELO MOLHADO

Ao começar a transição, a maioria de nós tem que reaprender a lidar com o cabelo natural. Um cuidado importante é pentear somente o cabelo molhado e de preferência após ter passado creme de pentear. O uso de pente com dentes largos é uma boa dica.

Se seu cabelo ainda está com duas texturas, tome cuidado especial ao pentear o ponto onde cabelo natural e liso se encontram. Esse é o ponto mais sensível e suscetível a quebra. Penteie com delicadeza.

8. A TEXTURIZAÇÃO É BOA ALIADA

Tem outras formas de conviver com as duas texturas de cabelo enquanto passa pela transição capilar. Umas das técnicas mais queridas por quem já passou pelo processo são: bigudins, bobes, coquinhos e o famoso twist.

9. ATENÇÃO AOS PENTEADOS

Os cabelos crespos e cacheados geralmente são frágeis, delicados e finos. Por isso, evite penteados que puxem muito o cabelo, especialmente aqueles que colocam muita tensão nas têmporas e na nuca.

As tranças são maravilhosas e permitem muitos estilos. Aproveita a transição para criar novos penteados e ir redescobrindo seu estilo.

10. APOSTE NOS ACESSÓRIOS

Lenços, faixas, scrunchies, tiaras e chapéus podem te ajudar enquanto o cabelo cresce. E variar um pouco é sempre ótimo.

11. CRIE UMA PASTA COM INSPIRAÇÕES

Entre todos os certos e errados durante a transição, o mais importante é reaprender a se ver com o cabelo natural. É legal ir se acostumando com o novo visual.

Criar uma pasta com inspirações é interessante. Fotos de meninas com o mesmo tipo de cabelo que o seu, com penteados para testar, com dicas de cuidados e com muitas receitas caseiras. Além de útil é muito divertido. O Pinterest é ótimo para isso, eu tenho minha pasta de inspiração aqui, inspire-se!

12. RECEITAS PARA ESTIMULAR O CRESCIMENTO DO CABELO

Que cresça logo. Era o que eu mais pensava. As receitas caseiras me ajudaram muito a estimular o crescimento do cabelo. E estão listadas neste post aqui, espero que te ajude também!


13. BEBA ÁGUA

Dois litros por dia é a recomendação dos especialistas. A água ajuda na hidratação e crescimento do cabelo. A falta de água no organismo pode até causar queda capilar, sabia? Beba água!

14. ENCONTRE UM CABELEIREIRO QUE ENTENDA DE CACHOS

Um bom profissional que realmente entenda de cabelos cacheados e crespos pode te ajudar muito a enfrentar a transição capilar. Ele pode te ajudar sugerindo cortes e penteados, até mesmo com indicação de tratamentos e produtos específicos para seu tipo de cabelo.

Mas se não encontrar, tem ótimos grupos no Facebook com dicas maravilhosas e muito incentivo que vão te dar motivação nesta fase. Já aproveita e vem participar do nosso grupo sobre cabelo (aqui).

15. TENHA PACIÊNCIA PARA ESPERAR

Não vai ser do dia para a noite que seu cabelo vai estar todo natural. Ter paciência é parte do processo. Mas o que eu posso te dizer, por experiência própria, é que vale a pena. Com paciência, amor e cuidado você passa pela transição capilar e ainda se redescobre uma pessoa mais feliz.

E quando a transição termina, siga com os cuidados para manter o cabelo bonito e saudável!

Nossas Redes Sociais | Pinterest Facebook Instagram

Comentários