10 Maneiras de Usar Óleo Vegetal no Cabelo

Rotina de cuidados com óleos vegetais para cabelos longos, lindos e fortes.

Utilizar óleos vegetais para cabelos fortes e longos não é de hoje. A forma mais popular de uso é a umectação capilar. Mas com tempo e conhecendo melhor as propriedades dos óleos, a gente aprende novas e ótimas maneiras de usá-los.

Antes de qualquer coisa é importante escolher o tipo certo de óleo: tem que ser 100% vegetal. Independente se vai ser de coco, jojoba, abacate ou outro, tem que ser completamente vegetal. Nada de aditivos petroquímicos como óleo mineral, parafinas e afins.

Somente os óleos vegetais conseguem penetrar nos fios profundamente e assim tratá-los. As substâncias que citei apenas maquiam e criam uma barreira, que acaba impedindo que os nutrientes entrem nos fios.

10 MANEIRAS DE USAR ÓLEOS VEGETAIS PARA CABELOS


1. UMECTAÇÃO CAPILAR COM ÓLEOS VEGETAIS

A umectação é fantástica para repor nutrientes e hidratar os fios. Quando os cabelos estão porosos, umectar muda totalmente a saúde e aparência deles. 

Trata-se de um banho de óleo nos cabelos, deixando agir por um tempo para que os nutrientes penetrem e tratem profundamente os fios. Quanto mais tempo deixar o óleo agindo, melhor será o resultado. Veja o passo a passo e benefícios da umectação neste post, explica o jeito fácil de tirar o óleo dos cabelos também.

2. PARA POTENCIALIZAR O LEAVE-IN OU CREME DE PENTEAR

É só adicionar 2 ou 3 gotinhas de óleo vegetal na quantidade de leave-in ou creme de pentear que for usar no momento. Nada de jogar óleo dentro do pote do creme, isso altera a química e pode ser nada legal o resultado.

Ajuda a disfarçar o frizz, deixando os fios mais alinhados e suaves. Vale testar naquele creme que não se acertou no teu cabelo ou que é muito fraco, vai que dá certo!

3. ÓLEO VEGETAL NO CABELO COMO PRÉ-SHAMPOO

Neste caso, a função do óleo será proteger os fios durante a lavagem. Ele vai criar uma barreira de proteção ao shampoo, que ajuda a evitar o ressecamento e a quebra dos fios.

Aplique um pouco de óleo vegetal nas partes mais sensíveis ou danificadas e nas pontas dos cabelos secos, antes de lavar. Evite passar na raiz. Deixe agir de 15 a 20 minutos e lave normalmente. O resultado é ótimo, faz toda a diferença e o óleo ainda dá uma nutrida nos fios.

4. ÓLEO VEGETAL PARA POTENCIALIZAR MÁSCARAS

Quem nunca comprou uma máscara capilar prometendo mil e um benefícios e na hora de testar o cabelo detestou? Pois é, tem como salvar elas adicionando óleo vegetal. É só misturar bem algumas gotas na quantidade de máscara que for usar no momento (mais uma vez: nada de jogar o óleo no pote e guardar misturado). 

Eu gosto de misturar uma colher de sopa de máscara em meia colher de chá de óleo vegetal. Serve perfeitamente para etapa de nutrição do cronograma capilar. Tem outros jeitos de salvar e potencializar as máscaras, contei tudo neste post aqui.

5. CONTRA O BAD HAIR DAY

Ás vezes dá até dó de dormir para não bagunçar o cabelo que está todo pleno. Para evitar que o cabelo acorde todo rebelde e bagunçado, vale espalhar algumas gotas de óleo vegetal nos fios antes de dormir. 

Quem tem cabelo ondulado ou liso revolto pode fazer dois coque frouxos nas laterais da cabeça, vai acordar com ondas grandes e lindas de manhã. Para cacheadas e crespas a dica é fazer um coque alto, coque abacaxi, para preservar os cachos. Pela manhã é só soltar e ajeitar com os dedos mesmo.

6. ÓLEO VEGETAL COMO FINALIZADOR

Além de controlar o frizz, o óleo vegetal vai tratar as pontas e repor nutrientes. Para isso basta aplicar 2 ou 3 gotas nas áreas mais necessitadas do cabelo, sem exagerar na quantidade para não pesar ou ficar oleoso. Pode ser usado nos fios secos ou úmidos (após lavar e condicionar).

7. PARA PROTEGER OS CABELOS NO VERÃO

O verão sempre vem acompanhado de mar e/ou piscina, que representam danos aos fios. Aplicar algumas gotas de óleo vegetal no cabelo, antes de entrar na água, cria uma barreira de proteção contra o sal e o cloro. Assim evitamos o ressecamento, o frizz e até o desbotamento de cabelos coloridos. E não, não vai 'fritar' os fios.


8. PARA PROTEGER OS FIOS DURANTE A COLORAÇÃO

Algumas horas antes de colorir, aplique gotas de óleo vegetal de forma bem espalhada nos cabelos. Não há necessidade de encharcar a cabeça de óleo. A película formada pelo óleo impede que a tinta agrida demais os fios. Muitas meninas usam e recomendam o óleo de coco para esta finalidade.

9. PARA ESTIMULAR O CRESCIMENTO DO CABELO

A massagem capilar com óleo vegetal ativa a circulação sanguínea e facilita o transporte de nutrientes para os folículos pilosos. Isso ajuda no crescimento e no controle da queda de cabelo.

É só aplicar o óleo em todo couro cabeludo e massagear em movimentos circulares por 5 a 10 minutos. Pode associar a massagem ao método de inversão capilar e também a umectação. Esses tratamentos fortalecem e dão vida aos fios. Inclua na sua rotina os óleos vegetais para cabelos longos e fortes.


10. ÓLEO VEGETAL EM RECEITAS CASEIRAS

As receitinhas caseiras são ótimas para cuidar dos cabelos e grande parte delas leva algum óleo vegetal. A famosa hidratação de maizena fica turbinada se adicionar óleo de rícino, sela e trata até pontas super espigadas. O óleo de coco é multifuncional, já que hidrata e nutre. Para muitas opções de receitas, veja nosso cronograma capilar caseiro.

Cada óleo vegetal tem propriedades diferentes, então escolha o que promete os benefícios que seu cabelo precisa. A maioria das pessoas se dá muito bem com o óleo de coco. Mas como cada cabelo reage de uma forma, não posso garantir que teu cabelo vai amar. Eu gosto muito dos benefícios do óleo de rícino, mas cuidado com as contra-indicações. Bora adotar os óleos vegetais para cabelos mais fortes e saudáveis!

Nossas Redes Sociais

Comentários